4 de mar de 2015

[Falando em]: Liberos Ignis — de Vanessa Araujo

É com grande alegria que resenho essa obra. Trata-se do texto da Vanessa Araujo, que por sinal, sou muito fã. \o Aliás, desde os primórdios, aprendi muitas coisas com ela. Antes o pseudônimo Nikki Weiss, hoje, a Vanessa Araujo. 

Eu tive a oportunidade de ler este magnífico conteúdo no início de 2013, quando BETEI pela primeira vez, e agora o reli para prefaciá-lo. Portanto, confiram a sinopse, book trailer e resenha de Liberos Ignis, uma futura publicação da editora Percurso.


Sinopse: Liliel estava à procura dos príncipes sombrios: os filhos de Lúcifer. Em meio a uma contenda sobrenatural que se instalou na Terra, ela buscava incessantemente pela prole do submundo, criaturas que ela mesma gerou. Natasha sempre acreditou ser apenas mais uma entre tantos, uma garota rebelde e com habilidades que a fizeram escolher um caminho tortuoso, o crime. Nascida em “berço de ouro”, acreditou na história que lhe foi contada: era a filha de um senador, a indomada e atrevida jovem que abnegou uma vida de luxo e riqueza para dedicar-se ao que sabia fazer de melhor, puxar o gatilho. Durante uma fuga, deparou-se com dois perseguidores e foi capturada por um deles. Entretanto, o que Natasha imaginou se tratar de um sequestro ou prestação de contas, era, na verdade, um encontro com a maior revelação de sua vida. Inspire-se. Apaixone-se. Desfrute dessa aventura e conheça a origem do mal...



Assim que Luciano retirou por completo sua camisa, imensas asas negras surgiram de seu torso, deixando-a boquiaberta e sem ação. 
 Sei que não me pediste provas, mas gosto de me vangloriar da minha posição de rei das trevas  falou o anjo, adorando aquele espetáculo de exibição.  Apesar de muitos me chamarem de Luciano, tenho outros nomes  continuou.  Iblis, Satã, Satanás, Demo, Belzebu, e o meu preferido: Lúcifer. (Livro: Liberos Ignis - Páginas 30 e 31) 

Para intelectos-alienados-religiosos de fato não haverá entendimento  e, por sinal, será considerado heresia. Agora para fadados a um excelente enredo, além de entendimento  pois trata-se de um conteúdo de ficção  também haverá paixão.

Eu, sem sombra de dúvidas, entendi o conjunto de ideias, degustando do mesmo, fadada à ficção e me apaixonando de coração.
Três descendências estavam formadas. Três proles herdeiras que travariam grandiosas guerras pela verdade. E esses distintos grupos travariam a maior das batalhas de todos os tempos: 
• Regii Sanguinis  facção liderada por Samael e Eviah; 
• Imperium Lex  facção liderada por Miguel e Lullus; 
• Liberos Ignis  facção liderada por Lúcifer e Lilliel. 
(Livro: Liberos Ignis - Pág.71)

Quando profecias são desvendadas, num contexto que contradiz tudo o que conhecemos e acreditamos, uma guerra interna  e insana  se faz presente, deixando-nos a questionar sobre muitos aspectos, fazendo-nos, por alguns instantes, entrar de cabeça no enredo. Contudo, se o leitor não for inteligente o suficiente para compreender a grandiosidade do contexto, sendo este apenas um jogo de ideias fictícias muito bem construídas, em cima de escritos já existentes, contradizendo-os, PARE por aqui. Essa é uma leitura que toca, de várias formas, ou seja, de forma boa e ruim, o âmago do leitor.

Arkell será minha porta voz para o mundo. Velkan é meu guerreiro. Lion, o possuidor da magia, a força oculta. E Ferre é a persuasão, a sensuali-dade, o imã que atrairá as pessoas à verdade. Sozinhos, nada são. Unidos, tornar-se-ão o melhor e mais forte comando do meu regresso, um fogo liberto que queimará as mentiras contadas. E é assim que somos chamados, Liberos Ignis. (Livro: Liberos Ignis - Pág.225)
Confesso! Quando degustei-o pela primeira vez fiquei chocada com o seu conteúdo  e apesar de ser pouco conhecedora da palavra, ou seja, da Bíblia, pensei por inúmeras vezes:  Que porra é essa? Então me dei conta que este, até hoje, foi o enredo mais bem construído e instigante que eu li. Aliás, ele contradiz o pouco que conheço, transparecendo em alguns momentos 'absurdo total'. Foi aí que me apaixonei, pois para tal obra despertar esse tipo de sensação em mim (da maneira como foi), ovaciono de todas as formas possíveis. Este é um texto forte, para pessoas providas de surrealidade.

Adjetivando-o, diria: 
Ousado!
Chocante!
Delirante!

Tornando-o herege, diria: 
Um absurdo!
Falta de respeito!
Pecado em palavras!

No verbo presente da realidade, diria: 
Sensacional!
De perder o fôlego!
Uma leitura sem igual!

A Vanessa criou um enredo digno de aplausos, que em certo ponto eu me perguntava:  Será que é isso mesmo?

O que dizer quando o mau se torna o bem...
Antes de Adão e Eva, houve algo... 'Algo este' que a autora soube conduzir com maestria. E este é apenas um dos pontos alto da trama... O que decerto deixará o leitor (ou abobalhado ou fascinado). Eu me senti uma 'abobalhada fascinada'. rs
Porque tudo começou com um pecado... O pecado do amor!”
O enredo é ousado, com palavras rebuscadas, deturpando de forma bela àquilo que para muitos será blasfêmia. Ele é eletrizante do início ao fim, muito bem construído, com picos elevados a nível máximo, sem erros ou redundâncias. E no final, ficou aquele gostinho de 'quero bem mais'.

O texto, apesar de sua grandiosidade em detalhes, é de fácil compreensão, e os personagens são de características fortes e bem construídos... Falando nisso, os meu amores são: "Caio e Barth". rs >>> Encontrei pouquíssimos erros, que provavelmente aconteceram na hora da digitação e não na revisão. Aliás, eu li o PDF sem a revisão final, portanto, nem levei em conta esses mínimos detalhes. Eu ainda não sei se a Vanessa vai publicá-lo com essa mesma capa que inseri no post, mas já adianto que acho ela perfeita, e por sinal, condiz com o conteúdo: sombrio, instigante e envolvente.

Se alguém tiver interesse em saber mais sobre a obra, visite o blog oficial clicando AQUI.

Se eu sou fã? Ahhh, vá... Eu leio qualquer texto da autora, e já emendando, desejo a ela todo êxito do mundo, pois talento ela já tem de sobra. Por fim, pra você que aprecia um fantástico e maravilhoso enredo, daqueles que faz com que você fique de queixo caído, essa é uma excelente pedida. De 1 a 10 eu dou nota 1.000! \o S2


(clique em cima das imagens para maior resolução)


Livro: Liberos Ignis -  Apócrifos - Verdades Ocultas
Autora: Vanessa Araujo 
Gênero: Sobrenatural
Publicação - Independente
Ano: 2015 (ainda sem data oficial)

2 comentários

  1. Resenha que me conduz às lágrimas... Após tantos tormentos, Liberos Ignis finalmente será publicado. E ainda não sei se será bem aceito pelos leitores, pois seu conteúdo é realmente polêmico. No entanto, são pessoas como você, que compreendem a diferença entre ficção e doutrina imposta, que me conduzem a prosseguir nessa árdua jornada.
    Não tenho palavras para agradecer por toda sua disposição em betar - duas vezes - o enredo de Liberos Ignis e, principalmente, sua coragem em prefaciá-lo.
    Obrigada pelas palavras de incentivo e saiba que também sou uma grande apreciadora dos seus textos.

    Um grande abraço e... vamo que vamo!!!

    http://vanessaaraujo.tk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIM, Van!

      Até que enfim você vai publicá-lo. Já está mais do que na hora.

      Estou muito feliz por fazer parte disso tudo. \o/ Gosto de todos os seus textos, mas "LI" é o meu queridinho...

      Obrigada pela confiança!

      E vamos que vamos...

      Que bom que você curtiu a resenha e o prefácio, saiba que dei o meu melhor...

      Beijosssssssss

      Excluir