2 de abr de 2015

[Falando em]: O céu está em todo lugar — de Jandy Nelson

Pela segunda vez finalizo a leitura deste que é o meu livro preferido. Aliás, eu conheci essa MARAVILHA anos atrás, por intermédio de uma amiga querida, a Juny Mouraque presenteou-me com ele. P.S: Obrigada, Juju! S2 Trata-se de um romance do gênero YA, rico em sentimentos  e atrevo-me a dizer que o leitor que disser o contrário,  é desprovido de coração. 

Eu havia resenhado ele em meu antigo blog. No entanto, quando o excluí, foi-se também tudo o que estava por lá, inclusive as resenhas. Contudo, eis a oportunidade de falar sobre essa MARAVILHA novamente. Agora confira a sinopse, book trailer e resenha de "O céu está em todo lugar", obra de Jandy Nelson, uma publicação da editora Novo Conceito

Sinopse: Lennie Walker, de dezessete anos de idade, gasta seu tempo de forma segura e feliz às sombras de sua irmã mais velha, Bailey. Mas quando Bailey morre abruptamente, Lennie é catapultada para o centro do palco de sua própria vida  e, apesar de sua inexistente história com os meninos, inesperadamente se encontra lutando para equilibrar dois. Toby era o namorado de Bailey, cujos sentimentos de tristeza Lennie também sente. Joe é o garoto novo da cidade, com um sorriso quase mágico. Um garoto a tira da tristeza, o outro se consola com ela. Mas os dois não podem colidir sem que o mundo de Lennie exploda...


Falar do coração é algo um tanto complicado, ainda mais quando tal sentimento é colocado em páginas impressas. A primeira coisa que me encantou nessa narrativa, foi a delicadeza das palavras, expressada em muitos trechos de forma poética.
É como estamos desde que minha irmã Bailey faleceu, há um mês, de uma arritmia fatal, durante um ensaio para uma produção local da peça Romeu e Julieta. É como se alguém tivesse aspirado o horizonte enquanto estávamos olhando para o outro lado. (Livro: O céu está em todo lugar, Pág.12)
Lennie é a protagonista da história, tem 17 anos e foi criada por sua avó e seu tio — duas pessoas que me encantei logo de cara. Ela nunca soube quem era o seu pai, e sua mãe sumiu ainda quando ela era bebê. Desta forma, depositou seu afeto naquela família que pertence e que sempre acolheu-a com amor. Contudo, sua ligação maior sempre foi com sua irmã dois anos mais velha, chamada Bailey.

Ela é apaixonada por Heathcliff & Cathy — personagens do clássico "O Morro dos Ventos Uivantes"  toca seu tão amado clarinete, e era o oposto da irmã, que, por sinal, sempre foi muito alegre e extrovertida, com planos de um futuro ao lado do namorado, Toby. Porém, assim que Bailey morre repentinamente, Lennie se vê desesperada e entra numa profunda depressão. É neste momento, pela dor, que ela e o ex-cunhado, Toby, encontram apoio um no outro e começam a se envolver de forma mais íntima, o que os deixa transtornados e com um terrível sentimento de culpa. 
"Enquanto isso, imagino raízes nascendo dos meus pés para que eu não saia voando pela sala e me atire nos braços de Toby porque eu tenho um enorme problema: mesmo nesta casa, nesta noite, com todas essas pessoas, com o Joe Fabuloso Fontaine, que parou de agir como se fosse o meu irmão, bem ali do meu lado, ainda assim sinto uma corda invisível que me puxa para perto de Toby, e não há nada que eu possa fazer em relação a isso." (Livro: O céu está em todo lugar, Pág.149)
Contudo, o céu dá um empurrãozinho e presenteia Lennie com uma nova amizade, ou seja, um novo garoto que se chama Joe... S2

• Lennie se culpa por trair sua irmã com seu namorado;
• Lennie se culpa por estar desfrutando da vida enquanto sua irmã está presa dentro de um caixão;
• Lennie se culpa por estar amando Joe e ao mesmo tempo atraída por Toby;
• Lennie não se conforma em não ter ao seu lado aquela que tanto ama, ou seja, a sua irmã;
Era uma vez uma garota que percebeu que estava morta.
Espiou pela fresta do céu e viu que lá na Terra sua irmã sentia muito a sua falta.
Então, percorreu caminhos por onde não devia ter andado, pegou alguns momentos com a mão, chacoalhou-os e os jogou como se fossem dados por cima do mundo dos vivos.
Funcionou.
O garoto do violão colidiu com sua irmã.

"Pronto, Len", sussurrou.

"O resto é com você."

(Livro: O céu está em todo lugar, Pág.307)


No decorrer da trama, Lennie desabafa toda sua angústia escrevendo seus sentimentos em cartas e até mesmo nos lugares mais improváveis, assim como papéis de balas, copos descartáveis, entre outros, depositando-os ao léu, apenas fazendo deste o seu acalento. E no meio de toda essa tragédia, muitas coisas acontecem, especialmente entre ela e Toby... E também com ela e Joe. Agora cesso os meus comentários para não soltar spoilers.

Eu simplesmente pirei com todo conteúdo, uma narrativa envolvente e poética, cheia de sentimentos adversos, que me teletransportou de forma única e sem igual para dentro da trama, deixando-me apaixonada e ao mesmo tempo dilacerada. Os personagens, assim como a história, é de encher os olhos e o coração, levando consigo verdade e amor, omissão e dor... Amo enredos que, por fim, tem como objetivo levar uma mensagem e um propósito maior  e este, sem sombra de dúvidas, é uma dessas magníficas histórias que tanto me encanta. S2

O livro é narrado em primeira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão, porém, em alguns trechos de forma poética; sua diagramação é uma das mais lindas que já vi, sendo esta artística, onde o leitor vai ficar de frente com as imagens dos desabafos de Lennie; as fontes e espaçamentos estão em excelente tamanho, contudo o texto está na cor azul, um diferencial que AMEI; sua capa é uma das mais belas, estampando um coração pendurado em um galho, com um céu vívido e azul ao fundo. Eu ouvi boatos que teremos a adaptação para as telonas, e estou torcendo para que isso aconteça. Por fim, para você que curte um enredo que toca o âmago de várias formas, eis uma belíssima pedida. Depois de ler esse livro, afirmo: eu leria até mesmo a lista de compras da Jandy. S2


Livro: O céu está em todo lugar
Autora: Jandy Nelson
Gênero: Romance 
Editora: Novo Conceito
Ano:2011
Páginas: 423

2 comentários

  1. Olá Si!
    Eu já tinha visto a capa desse livro em algum lugar, mas nunca procurei saber sobre a história. Agora lendo a sua resenha fiquei encantada e com certeza é um livro que quero ler. Assim como você sou uma leitora que gosta de livros com mensagens e que me faça refletir.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Su!
      Você precisa ler este, pelamorrrrrrrr... É simplesmente maravilhoso!!!
      Fico feliz que você curtiu a resenha. \o/

      Beijossssss

      Excluir