27 de nov de 2015

[Falando em]: Poison Heart — de Susy Ramone

Há tempos eu queria ler este livro. Afinal, ele leva como título o nome de uma canção que eu gosto pacas, da banda Ramones. Tal que a moréca Susy Ramone, que também é fã da banda e criou um enredo mirabolante e fantástico em torno da canção, sugeriu uma troca de exemplares, o que aceitei de prontidão. \o P.S: Obrigada, Su! S2 Agora confira a sinopse, book trailer que eu tive o prazer em editar e resenha de Poison Heart, uma publicação da editora Tribo das Letras.


Sinopse: Uma narrativa Pulp, uma letra de música dos Ramones, três homens ligados a uma mulher por amor e ódio, sonhos coletivos, uma cigana misteriosa e um crime. Poison Heart conta a história de Horácio, um quarentão insatisfeito com o serviço, que se vê conectado a estranhos acontecimentos em seu ambiente de trabalho, inclusive, prevendo a morte da secretária, sua atual namorada, através de sonhos idênticos aos demais funcionários de sua empresa. Acontecimentos sobrenaturais, muitas dúvidas e um universo onírico construído para que o leitor perca o fôlego. Uma trama na qual todos são suspeitos e ninguém deixa de ter um coração envenenado.


P.S: Vídeo editado por Simone Pesci



"Porque um coração envenenado é capaz de tudo"


Misterioso! 
Horripilante!
Contagiante! 

Eu poderia adjetivá-lo de tantas outras formas, pois este tornou-se um dos melhores livros que li este ano, e já de antemão, digo: para você que é apreciador de um enredo do gênero terror, muito bem escrito e sem pontas soltas, daqueles que te prende do início ao fim, eis uma magnífica pedida.  De 1 a 10 dou NOTA 1.000. \o

O enredo gira em torno de Horácio, um homem de 40 anos, insatisfeito com sua vida profissional, que se vê perdido em sonhos confusos e reveladores, que se interligam de alguma forma com os sonhos dos amigos de serviço, ou seja, Silvia, Nilton e o seu  até então chefe  Odilon. Tal surpresa com os sonhos, ele também passa a se deparar com uma cigana que fica na sua cola, falando coisas desconexas e que, por fim, o deixa com a pulga atrás da orelha.
 Agora eu vou atrás de ti   ela falou em voz alta.   Em breve tu virás atrás de mim.  
Horácio descontinuou de repente e voltou-se para encarar a mulher. Não havia sentido algum fugir da maltrapilha, que mal ela poderia fazer? "O que quer?"   perguntou irritado enquanto ela parava à sua frente.

  Atuas como coadjuvante   ela disse espirrando baba na camisa dele. Fez menção de tocá-lo no rosto, mas ele recuou. A velha fechou a expressão por alguns instantes e em seguida voltou a sorrir como se tivesse perdoado a grosseria.   Quando aprenderes a dominar teus sonhos, eles se realizarão e descobrirás um mundo totalmente novo. (Livro: Poison Heart, de Susy Ramone)

Horácio se encontra em situações estranhas e inusitadas, sendo uma destas a ausência constante de sua mãe, que, até então, mora com ele. Além de tudo, se vê envolto em descobertas que o deixa estupefato. Ele resolve seguir um dos conselhos da cigana. Sendo assim, consegue o que tanto almejava, uma promoção com um novo cargo e com um salário maior. Agora ele tem a vida que sempre sonhou e também está se envolvendo com Silvia, sua amiga e parceira de trabalho. Desta forma, se esquece da mãe, da cigana e de todo o resto, até mesmo dos sonhos assustadores que tinha. De repente ele se depara com uma triste e apavorante constatação... Assim como os seus amigos, ele também têm suas falhas. E tal como uma penitência será julgado, mostrando o quão o seu coração está envenenado.
Ninguém é tão ruim a ponto de destruir tudo o que o cerca. E ninguém é tão bom a ponto de edificar o tempo todo. Se o mundo em que vivemos é bipolar em sua essência, natural haver em nós representações dos dois lados da moeda. Obviamente cada lado se manifesta com maior intensidade em um indivíduo. E é por causa do desiquilíbrio dessa balança, que cada pessoa, após ser enlaçada pelos braços da morte, encontra, em um mundo paralelo, os reflexos de suas atitudes em vida. Contudo, o que parece ser o fim, não passa de uma reciclagem. (Livro: Poison Heart, de Susy Ramone)
A partir daqui cesso os meus comentários, pois essa é uma trama que qualquer comentário descomedido pode tornar-se um spoiler. No entanto, não se engane caro leitor, pois há muito enredo atrás do pouco que apresentei na resenha. Aquele que se enveredar nessa história, se questionará por diversas vezes o que exatamente está acontecendo (?), devorando o livro e ansiando pelo desfecho final. Aliás, eu já adianto que surtei com o conteúdo do início ao fim  e agora, mais do que nunca, tornei-me fã da Susy e leria até mesmo a sua lista de compras. \o hahaha
 Sou Mnemosine  ela falou.  Bem-vindos à minha casa  correu a mão sensualmente pelo pescoço colocando as madeixas para trás. O olhar superior tornou-se de repente lascivo e ela sorriu,  passando a língua entre os lábios. 
 Nós, nós...  foi o que Horácio conseguiu dizer antes que a doce voz da mulher interpelasse.

 Sim, eu sei. Vocês querem respostas, não é mesmo?  deslizou as mãos pelos seios agora totalmente à amostra e apoiou uma das pernas em cima de uma poltrona velha deixando à vista as suas partes genitais.  Terão o que querem, mas não antes que eu os experimente ao meu modo. (Livro: Poison Heart, de Susy Ramone)

O enredo é narrado em terceira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; não há capítulos, mas sim uma trama dividida em 6 partes, superenvolvente e excepcionalmente bem desenvolvida; sua capa estampa o que de fato o enredo carrega consigo, ou seja, um coração envenenado; a revisão está impecável e a diagramação é perfeita, artística. Por fim, para quem é apreciador do gênero terror, com uma trama SENSACIONAL, eis uma excelente pedida! \o


Livro: Poison Heart
Autora: Susy Ramone
Gênero: Literatura Fantástica 
Editora: Tribo das Letras
Ano: 2016
Páginas: 150

Nenhum comentário

Postar um comentário