26 de nov de 2015

[Falando em]: Risco Calculado — de Elaine Elesbão

Agora é a vez de apresentar Risco Calculado, mais uma trama nacional  diga-se de passagem  de perder o fôlego. Aliás, eu recebi este livro como parceria da autora e companheira de editora, a escritora Elaine Elesbão, e desde já agradeço pelo fantástico presente. P.S: Obrigada, Elaine! S2 Agora confira a sinopse, book trailer e resenha de "Risco Calculado", uma publicação da editora Tribo das Letras


Sinopse: Quando Valentina completou doze anos, seus pais a entregaram a um padrinho para que ela pudesse receber uma boa educação e desfrutasse de uma vida melhor. Os anos se passaram e Valentina se transformou em uma bela mulher. O seu padrinho, Hugo, sempre tão atencioso, tornou-se a sua grande paixão e em seus braços ela descobriu o prazer. A questão é que Hugo Rosenthal, que utiliza o sexo como forma de demonstrar força e superioridade, sente um amor doentio por Valentina e é capaz de qualquer coisa para não perder o domínio que tem sobre ela. Determinada a conquistar a sua independência e a trilhar o seu próprio caminho, Valentina elabora um arriscado plano e foge, mas sabe que o seu passado não a deixará em paz. Conhece muito bem Hugo e os métodos que ele utiliza para conseguir o que quer e teme que o pior aconteça. Enquanto Valentina luta para chegar ao seu propósito, conhece Max, um doce e gentil veterinário, e todas as suas certezas são abaladas. Se o sexo para ela já foi jogo, armadilha, dominação, o fundo do poço... Com ele é abrigo, aconchego, paz, plenitude, lar. Risco Calculado é uma história de amor, de vários tipos de amor, mas é também uma história de ódio. E quando esses dois sentimentos se confundem ou se confrontam tudo pode acontecer...




"Quando o amor e ódio se confundem ou se confrontam, tudo pode acontecer..."



Cruel! 
Apaixonante! 
Verossímil!

Eu poderia adjetivá-lo de várias formas. Porém, estes três itens são os que perduram em minha mente, afinal, nem todos contos de fadas têm o seu lado mágico  e essa história leva consigo um requinte de crueldade, envolto em sentimentos confusos, e, por fim, um verdadeiro e único amor. 

Risco Calculado conta a história de Valentina, hoje uma mulher. Contudo, aos 12 anos, foi arrancada de seus pais para viver com o seu tutor chamado, Hugo. Se vocês pensam que os pais da garota foram vítimas de todo acontecimento, pasmem, na verdade eles são uns pilantras, que venderam a filha, fazendo com que a garota acreditasse que só queriam o seu bem. No entanto, o único propósito disto tudo foi o dinheiro que receberam em troca.

Hugo é 20 anos mais velho que Valentina, um homem de status e poder, com gênio forte, possessivo e maldoso, que encontra no sexo dominador a forma de aproximação e de detenção. E mesmo sendo um bronco e louco das ideias, ainda assim é um homem atraente. Ele priva Valentina de tudo, e também a ludibria, envolvendo-a com seus galanteios, fazendo com que ela se apaixone por ele.
Essa proximidade toda teve um efeito estranho sobre mim. Não conseguia mais olhar para o Hugo sem deixar de achá-lo bonito e charmoso. (Livro: Risco Calculado, Pág.24)

O tutor já observava sua presa com outros olhos, desde quando a mesma tinha 8 anos, e quando tornou-se o responsável oficial da mesma, a privou de ter uma vida como qualquer ser humano deva ter por direito, ponderando-a em tudo, ditando regras, obrigando-a a estudar de tudo um pouco, comportando-se como ele acha que uma mulher deva se comportar, vestindo-se como ele determinava, ou seja, fazendo dela o seu troféu. Hugo a ludibriou ainda mais, tendo-a como sempre ansiou, despertando nela um sentimento que, por fim, ocasionou o casamento dos dois. Contudo, Valentina não fazia ideia do que a esperava. Até então achava que estava sendo protegida e amada, mas, na verdade, sua tortura estava apenas começando, vivendo ao lado de um homem possessivo e que a todo instante a humilhava, deixando-a à merce de situações inacreditáveis e ameaçando-a.
Não foi uma comemoração, foi uma demonstração de força. Eu não sabia o que acontecia direito comigo, porque nunca tinha sido capaz de reagir, de desobedecê-lo. Não era respeito, não mais. Era uma espécie de medo. (Livro: Risco Calculado, Pág.55)
Valentina se cansa! Ela bola um plano para sumir das garras deste ser maléfico e foge para outro estado, onde passa a conhecer o mundo de forma diferente, como ela nunca havia visto antes. Assim, passa a morar num lugar simples, bem diferente da mansão em que morava, ficando restrita ao glamour que até então conhecia. Porém, se encanta com sua liberdade e a possibilidade de uma nova vida. Neste meio tempo ela conhece Max, um lindo veterinário, amável e de bem com a vida, que acaba por se tornar o seu maior acalento. 
Somos sorrisos, feromônios, carinhos, delicadezas. Somos música, poesia, fotografia, obra de arte. Se o sexo pra mim já foi jogo, armadilha, dominação, o fundo do poço... Com ele é abrigo, aconchego, paz, plenitude, meu lar. Com ele é amor! (Livro: Risco Calculado, Pág.135)
Além dos personagens principais, temos também alguns secundários que são de suma importância, dando todo sentido à trama, sendo dois destes, dona Teresa (uma senhora, funcionária de longa data da casa de Hugo), e o nojento do Levi (quando vocês lerem vão saber o porquê dessa minha repulsa por ele  rs). 

Este é um enredo que mostra o lado feio do desejo, como também mostra o lado bonito do amor, com uma protagonista que encontra na sua fragilidade a força para seguir em frente, e que mesmo dando de cara com o mal, ainda assim encontra dentro de si algo bom, uma gana em querer e esperar o melhor. Agora cesso os meus comentários para não soltar spoilers

O enredo é narrado em primeira pessoa, sempre aos olhos de Valentina e intercalando-se entre passado e presente. Apenas no epílogo temos o futuro, que, por sinal, também é narrado por Valentina. Aliás, o grande desfecho da trama é revelado em detalhes no epílogo, e eu simplesmente surtei com ele, uma jogada perfeita da autora, deixando o conteúdo mais verdadeiro, mostrando ao leitor que às vezes o fim justifica os meios; sua capa é linda de viver, estampando uma Valentina como de fato imaginei em toda a leitura, pois bate bem com a descrição da personagem; a diagramação é simples e bonita, com fonte e espaçamentos na medida certa, adornada em papel pólen, com  folhas amarelas. Por fim, para quem é apreciador de um drama com um desfecho surpreendente, eis uma excelente pedida. \o


Livro: Risco Calculado
Autora: Elaine Elesbão
Gênero: Romance
Editora: Tribo das Letras
Ano: 2015
Páginas: 254

2 comentários

  1. Simone, sua linda! Muito obrigada! Fiquei emocionada com a linda resenha! Muitoooo obrigada! Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elaine,

      Fico feliz que você curtiu a resenha. \o/ Saiba que gostei muito do livro também. Obrigada por tê-lo enviado e muito êxito pra ti.

      Abraçosssss

      Excluir