9 de fev de 2016

[Falando em]: O Mestre do Amor — de Li Mendi

Eis mais uma deliciosa leitura! Este livro foi deixado aqui em casa como parceria com a minha editora, Nanda Gomes. P.S: Obrigada, Nam! S2 Eu já havia lido os primeiros capítulos antes mesmo do livro ser publicado  e, por sinal, gostei muito da escrita da autora e também do enredo. Tal qual minha surpresa quando estava com ele, em formato físico, dentre os meus dedos. E dando continuidade no conteúdo, me dei conta do quão entorpecida fiquei pelo enredo. Agora confira a sinopse e resenha de "O Mestre do Amor", obra da escritora Li Mendi, uma publicação da editora Tribo das Letras.


Sinopse: Marcos é um dedicado estudante de direito e sua maior prioridade é pagar a faculdade para se tornar um dia um importante e renomado advogado. Esse rapaz não mede esforços em busca da liberdade que uma nova vida pode lhe oferecer. Para conseguir seu objetivo, além de fazer estágios e vários trabalhos temporários, também se torna dançarino de um clube de mulheres. Bárbara, filha do dono do clube, se sente atraída por Marcos e está disposta a conquistá-lo. Ambos passam a se envolver em uma secreta e perigosa relação que deixa essa história ainda mais excitante. Mas, Marcos não quer se meter em encrenca e precisa se focar nos estudos, por isso, fará de tudo para fugir. Só que não será nada fácil escapar, porque tem uma dívida com Bárbara, que agora quer lhe cobrar nos métodos que ela escolheu. Uma história de amor onde o proibido se torna tão tentador.


"Porque o proibido é tentador..."






Trata-se de uma história onde o desejo se torna proibido, um romance que começa assim, de mansinho, dando continuidade anos depois, de forma avassaladora e quente.

Bárbara  ou Babi  como é conhecida, é uma linda e loira garota rica, filha adotiva de um casal gay. No entanto, um de seus pais já falecera, e, agora, ela é amada e superprotegida por seu pai Toni, que é dono de uma boate, onde as noites são enveredadas por muitos dançarinos stripers. O pai, por sua vez, protetor ao nível ninja, proíbe a garota até mesmo de frequentar sua casa noturna, mesmo que para fazer uma visitinha. Ela sequer pode cogitar em se envolver com algum dos dançarinos. Toni enche a filha de mimos e carinho. Contudo, a priva de ter liberdade, o que ela terá em breve, pois está prestes a entrar para uma faculdade, onde cursará direito. A garota passa os dias ao lado da inseparável (e um tanto louquinha), a amiga, Vic. Ambas têm a mesma paixão, ou seja, o ballet... E passam horas ensaiando no estúdio que Babi tem dentro de casa.

Marcos é um lindo e atraente jovem que batalha duro para alcançar seus sonhos. Ele veio de uma família humilde, e, aos poucos, inicia sua árdua batalha para conseguir ingressar na tão sonhada faculdade de direito, e também para ajudar sua família. Desta forma, começa a trabalhar na boate de Toni, onde encontra uma boa oportunidade, dançando como striper. Ele é super requisitado pela mulherada e fica à mercê deste trabalho apenas no intuito de conseguir alcançar seus sonhos, ou seja, cursar e tornar-se um advogado, além de continuar ajudando sua família. Por vezes têm a oportunidade de lucrar uma grana a mais fazendo programa com as frequentadoras da boate. No entanto, ele se recusa, pois isso foge de seus princípios e do que realmente almeja para sua vida.
Sabe, lembrando do passado, daria um conselho a ele: não é desta forma que se entra na casa de uma desconhecida, e, principalmente, não são com aqueles olhos de maçarico que se encara pela primeira vez  uma garota! Afinal de contas, nem piscou enquanto me fitava. Era como se desejasse me gravar pixel a pixel. Por fim, não estava preparada para que entrasse com tudo na minha vida, como ele veio a fazer. (Livro: O Mestre do Amor, Pág.12)
Babi acha que Marcos é um entregador qualquer, pois em uma tarde, ele aparece em sua casa para fazer uma entrega. No entanto, ela acaba descobrindo que ele é um dos dançarinos da boate do seu pai e que há tempos frequenta sua casa fazendo alguns serviços por fora. Contudo, o que mais a irrita é o fato de Marcos pegar às escondidas os seus livros para ler. Assim, aos poucos, a raiva que até então sente se esvai, trazendo intimidade aos dois, pois encontram um meio de comunicação que os deixa ainda mais conectados e apaixonados, ou seja, os livros. Desta forma, nasce o perigo, pois eles não podem se envolver. 
Não entendo porque suportei negar o que sinto por Babi no meu coração todos esses anos e, de repente, começo a sentir uma necessidade de mudar o passado e arriscar, mesmo que meu risco tenha menos valor agora. Porém, não sei se posso conviver mais com a sensação de passarmos um pelo outro no corredor e ela sempre fingir que está lendo uma mensagem ao celular ou ouvindo música nos seus grandes fones rosa. (Livro: O Mestre do Amor, Pág.51)
Passaram-se alguns anos, agora ambos estão estagiando e prestes a se formar na faculdade. Porém, o desejo de ter um ao outro não cessou... Marcos ainda trabalha para o pai de Babi, e, por sinal, conseguiu confiança absoluta de Toni, o que tornará tudo ainda mais difícil. Contudo, ele tem uma dívida passada com Babi, que é cobrada de forma que faz com que eles se reaproximarem, envolvendo-se, deixando-os à deriva do amor e também da fúria de Toni, o pai de Babi.
De repente, Babi para e me abraça, como se reconhecesse que se perdeu no beijo. Aceito também que deixei descontrolar, cúmplice, me recuperando de uma emoção sem precedentes. Volto pra realidade aos poucos e reconheço o choque das bolas da mesa de sinuca, a hora da madrugada, o perigo. Tudo fora de controle. O coração a quarenta graus. (Livro: O Mestre do Amor, Pág.73)
Agora cesso os meus comentários para não soltar spoilers.

Envolvente!
Apaixonante!
Sexy!


Em O Mestre do Amor, o leitor encontrará muito romance e, principalmente, cenas excitantes e de perder o fôlego. É claro que tudo de extremo bom gosto, escrito de forma que enchem os olhos e o coração. Eu simplesmente me apaixonei por Marcos, pois ele mostrou-se um homem de opinião e caráter, além de ser o verdadeiro mestre do amor. Babi, por sua vez, foi outra grande e agradável surpresa, pois apesar de sempre ter as coisas que anseia de forma simples e rápida, estava disposta a largar tudo para viver o que lhe foi ponderado desde sempre.


A autora soube conduzir o enredo muito bem, apresentando uma história que além de romântica é bem caliente. A trama é envolta em lutas e conquistas, amores e desamores. Os capítulos finais me deixou doidinha, apesar de desconfiar de como tudo terminaria. 

O enredo é narrado em primeira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; sua diagramação é simples e singela, levando ao fundo, em cada início de capítulo, ambos protagonistas, com fontes e espaçamentos na medida certa, envoltos em papel pólen (o amarelinho); eu amei a capa, pois estampa um lindo e atraente Marcos, como sempre imaginei, inclusive, está bem parecido com uma das cenas descrita no livro. S2 Por fim, para você que curte um enredo do gênero romance/hot, eis uma excelente pedida. 


Livro: O Mestre do Amor
Autora: Li Mendi
Gênero: Romance/Hot
Editora: Tribo das Letras (Selo Métrica)
Ano: 2015
Páginas: 222

2 comentários

  1. Si que resenha linda!

    Poxa me deixou mesmo com vontade de ler. Não sei pq infelizmente como disse o outro livro da autora para mim não flui tanto.
    No momento não posso ficar comprando, mas assim que der acho que vou sim me arriscar mais nesse.

    Adorei demais a premissa e sua resenha como sempre nos fisga.

    Beijos
    Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Fer, eu não li os outros livros da Li Mendi. Mas este, de fato, eu gostei muitão. Leia sim! Algo me diz que você também vai curtir muitão. rs

      Beijossssssss

      Excluir