15 de jul de 2016

[Falando em]: O Garoto ao Lado — de Laritza Oliveira

Eu ganhei este livro em uma promoção feita pelo blog Eu Leio, e você?, administrado por duas amigas queridas: Josy Borges e Thainá Alves. S2 Aliás, eu conheci a obra tempos atrás (via facebook), e o que despertou minha atenção de imediato foi essa linda capa. Agora confira a sinopse, book trailer e resenha de "O Garoto ao Lado", obra de Laritza Oliveira, uma publicação da editora Novo Século  Selo Talentos da Literatura Brasileira


Sinopse: Apesar de seu nome, Alice não tem nenhum "País das Maravilhas" à sua volta. Não há nenhum Chapeleiro Maluco, muito menos um gato sorridente por perto. Acontecimentos do passado atormentam sua mente. Ela não pensa duas vezes em se mudar após a separação dos pais, e, em uma nova cidade, em uma nova turma, Alice encontra-se sozinha em seu último ano do Ensino Médio. Mesmo tendo parte de sua família por perto, ela se sente isolada em meio à multidão, e ninguém parece notá-la. Seus únicos companheiros são seus livros e seus escritos. Apenas as palavras acompanham Alice, pelo menos até o dia em que ela percebe que um garoto da sua turma a está observando. Fechada a qualquer tipo de relacionamento, Alice tenta fugir do interesse de qualquer um, mas vê-se intrigada pela presença do "garoto ao lado".




"Porque o amor pode estar do seu lado" 


Envolvente! 
Doce! 
Encantador!


Alice é uma garota de dezessete anos, que cursa o ensino médio e acabara de se mudar para Palmas  TO, pois seus pais se divorciaram, e cada qual foi para um canto. Desta forma, decide fixar residência onde parte de sua família vive, porém passa a morar sozinha. Ela é uma linda, esforçada e inteligente garota que vive no seu mundinho, com seus livros, filmes e músicas. Ah, ela também é uma escritora/poetisa , e assim que começa a frequentar o novo colégio, faz novas amizades, em especial com Maria, que é seu braço direito. E dentre essa (e tantas outras amizades), há um garoto que ela apelida como "antissocial", e pelo qual seu coração começa a palpitar de forma descompassada... 
Tinha também o antissocial: ele não parecia novato, mas falava pouco com os veteranos. Eu o observei durante a aula. Ele tinha a mania de balançar o pé sempre que algo o deixava nervoso ou preocupado, embora seu rosto não transparecesse emoção. Um dos momentos em que o observei ele sorriu de canto de boca, revelando um aparelho que o deixou menos estranho. Era apenas um cara normal e tímido, concluí. (Livro: O Garoto ao Lado, Pág.17)
O antissocial é Nicholas, um rapaz bem na dele, que está prestes a concluir o ensino médio. E tal como Alice, também aprecia música, literatura entre tantas outras coisas. E da mesma forma que ela, sente o seu coração palpitar de forma descompassada quando a encontra. Porém, não são os esbarrões pelos corredores do colégio que os une, mas sim um trabalho de escola em dupla que ambos terão que fazer juntos.  
Queria que como Elizabeth, estivesse errada sobre o meu Mr. Darcy. Queria que ele fosse o príncipe da Alice que jamais foi mencionado na história. Queria... queria muito mais com ele. Queria viver aquela confusão sentimental dentro de mim, mas o passado me impedia. (Livro: O Garoto ao Lado, Pág.80)
Eis que o amor acontece, com dois corações que têm segredos do passado e que, por fim, encontram acalento um no outro... Um sentimento vigente e pueril.
Eu não sou um príncipe encantado, sou apenas uma cavaleiro solitário, cheio de coisas para melhorar. Pode lidar com isso?
 Sim  sussurrei , eu posso.
(Livro: O Garoto ao Lado, Pág.119) 

Ler este livro foi como me enveredar no passado, quando enxergava a vida como Alice enxerga, e também quando ansiava por coisas que praticamente todo adolescente anseia. Afinal, quem nunca (na adolescência) não teve o coração em sinal de alerta e questionava-se sobre isso? Pois bem, essa é uma leitura de cunho juvenil, onde narrativa e diálogos giram em torno de anseios e temores, sem grandes reviravoltas ou algo do tipo. Foi uma leitura agradável, eu a concluí em questão de horas, pois é bem fruível e envolvente. Eu gostei bastante dos protagonistas  Alice e Nicholas, assim como o fundo clichê que a história carrega consigo. SIM, EU AMO CLICHÊ! E este, por sinal, é uma fofura que só. S2 Porém, tenho que dizer que senti falta de um aprofundamento na trama. Contudo, mesmo a história sendo corrida e não se aprofundando nos fatos, EU ADOREI! A autora tem uma escrita direta, algo que muito aprecio (odeio textos que enchem linguiças).

O livro é narrado em primeira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; a diagramação é simples, com fontes e espaçamentos em excelentes medidas, envolta em papel pólen (o amarelinho); e sua capa é linda e atrativa, estampando o casal protagonista. Por fim, para você que curte uma leitura rápida e de cunho juvenil, eis uma boa pedida.  \o P.S: Ao investigar, descobri que a autora está escrevendo a continuação da trama, que até então leva como título "A Garota Ao Meu Lado". 


Livro: O Garoto ao Lado
Autora: Laritza Oliveira
Gênero: Ficção Juvenil  Romance
Editora: Novo Século (Selo Talentos da Literatura Brasileira)
Páginas: 160
Ano: 2015

4 comentários

  1. Um dia eu aprendo a resenhar iguaaaaaaaaal a você mulher hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É fácil, Iná! Um dia eu aprendo a fazer resenha em vídeo igual a você e a Josy. \o rs

      Beijosssssss

      Excluir
  2. Si a história é mesmo uma fofura né? Adorei tb, e só lamentei assim como você não se aprofundarem mais.
    E eu não conhecia o vídeo, que lindinho.
    COmo sempre amei sua resenha.

    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIM, Fer! Eu achei muito fofa. S2 Foi uma pena não ter um aprofundamento nos fatos. Fico feliz que curtiu a resenha. \o/\o/\o/

      Beijosssss

      Excluir