17 de nov de 2017

↓↓↓ Simone Pesci ♪♫ no YouTube ↓↓↓

Já são mais de 6.700 inscritos. 😱😱😱 
P.S: Vem conhecer o meu canal no YouTube: 
(...) tem de tudo um pouco. 📚 🎧 🎬


✔ Para conferir, clique AQUI.

16 de nov de 2017

[Falando em]: A Vingança de Judas — de Fernando Ferraz

Eu baixei esse livro em formato digital, gratuitamente, e já adianto que foi uma boa surpresa. Particularmente sou fã de enredos com essa temática. o/ Esse é o meu primeiro contato com um dos textos do autor e já afirmo que pretendo ler outros enredos dele, principalmente a continuação deste livro. Confira agora a sinopse e o que achei sobre "A Vingança de Judas - Livro 1", obra do autor Fernando Ferraz, uma publicação da editora Skull.



Sinopse: Quando Jesus disse:  Um de vocês irá me trair essa noite. Judas engoliu em seco, pegou o cálice em cima da mesa e bebeu o vinho. O que ele não sabia é que aquele gesto mudaria não só a sua vida, como também o destino da humanidade. O que você faria se a história mais lida, no livro mais lido, fosse uma grande farsa? Adentre a esse universo, onde a verdade dos fatos te faz ficar estarrecido! Entre e veja. Judas acordou e quer sua vingança.



"Porque o futuro é escrito com o sangue do passado" 

Um enredo instigante!

Eliot tem dezesseis anos, ele é filho do senhor Byron, líder da Ordem de Nemo Vital (Nenhuma Vida em Latim), um grupo de ocultismo que está prestes a fazer uma expedição à Jerusalém.
 Aqui, Eliot, é onde as verdades do mundo são reveladas. E é aqui que nós, os ocultistas da Ordem de Nemo Vitae  Nenhuma Vida em Latim , estudamos e tentamos entender o que ocorreu anteriormente a nós. Os preparativos dessa vez são para encontrar árvore que serviu de suicídio para Judas, o décimo segundo apóstolo. (Livro: A Vingança de Judas, Cap.1)
Eliot está destinado a ser o chefe da ordem, mas, para isso, terá de trabalhar muito. E sua primeira missão será liderar a verdade sobre o maior traidor de todos os tempos, o décimo segundo apóstolo, Judas. Ao seu lado está Fênix, um dos guardiões do inferno, o espírito que lhe acompanhará, além de mais alguns membros da ordem, que estão dispostos a tudo para que Eliot não tenha a liderança.


(clique na imagem para maior resolução)

 Simples. Esse ritual para invocar Judas está escrito errado e as pontas dos círculos estão tortas, sua força fez com que houvesse aquele vento, mas só isso que conseguiram invocar com esse ritual.  dizia Fênix que a essa altura não era mais visto por Eliot. (Livro: A Vingança de Judas, Cap.5)
Christopher é um garoto que começa a ser treinado pelo mestre Byron, mas é interrompido pois sua família não aceita que ele faça parte da Ordem. Além de tudo que possa imaginar, ele terá um papel especial para/com a verdade.
Para Christopher a Ordem não era para rituais e invocações, ela funcionava como a descoberta das verdades ocultas dos homens. (Livro: A Vingança de Judas, Cap.7)
Agora cesso os comentários para não soltar mais spoilers.  

Já de antemão deixo claro que essa leitura não é para qualquer um, quem decidir se enveredar nesse livro terá que estar ciente que é nada menos que ficção, tendo como base uma outra versão da Bíblia, o que pode confundir a cabeça de muitos. 

A VINGANÇA DE JUDAS é uma trama instigante, onde a base da história é narrada por outra perspectiva, uma versão um tanto criativa e controversa. O autor conduz um tema pesado de forma envolvente e rápida, mostrando teorias que dão mais verosimilhança ao contexto. Todavia, o que me incomodou foi a rapidez do conteúdo, creio que ele poderia ser melhor desenvolvido, afinal o livro mais lido do mundo é provido de teor. O final deixou uma brecha aberta, é claro que para a sequência, algo que estou louca para conferir. o/

O livro é narrado em terceira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; a diagramação está boa, no padrão digital; e a capa, bom, eu não curti a capa, mas há quem goste. Por fim, para quem curte uma leitura rápida e instigante, eis essa boa pedida. \o/\o/\o/


Livro: A Vingança de Judas (Livro 1)
Autor: Fernando Ferraz
Gênero: Suspense/Terror
Editora: Skull
Ano: 2017
Páginas: 140

14 de nov de 2017

[Falando em]: O Que Resta de Mim — de Thays M. de Lima

Eu baixei esse livro gratuito, em formato digital. A propósito, já havia divulgado ele aqui no blog, e desde então era louca para conferir o enredo. Trata-se da primeira obra da blogueira e autora, Thays M. de Lima, o primeiro livro de uma Série chamada Flores/Flor de Lis. Confira a sinopse e o meu parecer sobre "O Que Resta de Mim - Livro 1", uma publicação independente. 


Sinopse: Com a intenção de superar seus traumas, Gabriela deixou São Paulo para tentar um recomeço no Rio de Janeiro. Seu objetivo era apenas iniciar seus estudos em uma das maiores universidades da cidade e tocar sua vida de alguma forma. Guilherme é avesso a compromissos, mas nem sempre foi assim. Aos 12 anos ele fora tirado da vida que conhecia deixando para trás uma promessa não cumprida. Enquanto Gabriela quer ficar longe de encrenca, Guilherme é a definição de encrenca. Contudo, ele é único que consegue enxergar através de seus olhos. E isso a aterroriza, porque ela pensou ter deixado seu passado para trás, mas na verdade ele estava bem à sua frente. Quando o amor e um passado repleto de feridas andam juntos resta apenas uma escolha... 


"Porque é preciso desabrochar e continuar a viver..." 

Um enredo sedutor! 💘💘💘 

Gabriela (ou Gabi) é uma jovem com muitos traumas, e devido a isso, se muda de São Bernardo do Campo para o Rio de Janeiro, passando a morar num alojamento da UFRJ, uma das maiores faculdades da cidade.
A maior parte da minha vida, eu vivi com medo, sendo constantemente assombrada pelo meu passado. Mas agora serei outra pessoa, essa é a minha chance de reconstruir o que resta de mim. (Livro: O Que Resta de Mim, Cap.2)
No passado ela foi abusada pelo pai, o que deixou marcas irreversíveis. E, ainda na infância, quando já vivia esse terror, conheceu Guilherme Ávila (ou Inho), como ela costumava chamá-lo, um garoto dois anos mais velho, que passou a ser a sua válvula de escape, e que por decisão de sua mãe, partiu sem se despedir. 


(clique na imagem para maior resolução)

 Você me deseja. Olhe para os seus olhos, sua pupila está dilatada, sua respiração ofegante. Você me deseja, Gabriela, admita isso para si mesma, pare de negar. (Livro: O Que Resta de Mim, Cap.14)
Anos depois o passado se faz presente, deixando-os frente a frente, mesmo que não se reconheçam. Guilherme tornou-se um homem lindo, além de canalha com as mulheres. Ao seu lado estão dois amigos inseparáveis, Rafael e Lucas, tão bonitos e canalhas quanto ele. Gabi divide o quarto do alojamento com Júlia, irmã de Guilherme, que também tem o seu trauma, por um antigo relacionamento amoroso.
Estou ferrada, Guilherme ferra com a minha cabeça, e é exatamente disso que quero fugir, preciso de alguém que me deixe sã, com Guilherme perco os meus sentidos. (Livro: O Que Resta de Mim, Cap.25)
Agora cesso os comentários para não soltar mais spoilers

Trata-se de um enredo New Adult, com uma pitada de drama. É uma trama de abordagem intensa e difícil de se engolir, o que tornou-se mais instigante, devido ao fato da protagonista ser abusada (na infância), por seu pai biológico. 

O Que Resta de Mim tem uma narrativa fruível e deliciosa de se enveredar, algo que me chamou atenção... A Thays M. de Lima está de parabéns! 💘💘💘 Para apreciadores de romance e drama é uma excelente pedida, e o New Adult que destaquei anteriormente aparece aos poucos, em doses homeopáticas. Os personagens secundários dão um destaque maior na trama, que leva consigo também um pouco de humor. Gabriela e Guilherme torna-se um casal apaixonante, porém houve alguns momentos que não achei coerente com a situação, além de algumas palavras que não me atraem em um texto. Isso, de fato, é um gosto pessoal. O final da trama apresenta algumas reviravoltas e me deixou assim... De queixo caído e ansiando por mais. o/

O enredo é narrado em primeira pessoa, intercalado pelos personagens, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; a diagramação (em formato digital) está bem bonita, mostrando a cada início de capítulo o casal e uma moto; e a capa é um arraso de linda, estampando Guilherme. Por fim, para você que curte um bom New Adult, eis essa boa pedida. 


Livro: O Que Resta de Mim (Livro 1)
Série Flores/Flor de Lis
Autora: Thays M. de Lima
Gênero:
Publicação   Independente
Ano: 2016
Páginas: 540

"Devaneios de um andar sem rumo"

Andava com mania de suicídio e com crises de depressão aguda; não suportava ajuntamentos perto de mim e, acima de tudo, não tolerava entrar em fila comprida pra esperar seja lá o que fosse. E é nisso que toda a sociedade está se transformando: em longas filas à espera de alguma coisa. Tentei me matar com gás e não consegui. Mas tinha outro problema. Levantar da cama. Sempre tive ódio disso. Vivia afirmando: “as duas maiores invenções da humanidade foram a cama e a bomba atômica; não saindo da primeira, a gente se salva, e, soltando a segunda, se acaba com tudo”. Acharam que estava louco. Brincadeira de criança, é só disso que essa gente entende: brincadeira de criança  passam da placenta pro túmulo sem nem se abalar com este horror que é a vida. 

Sim, eu odiava ter que me levantar da cama de manhã. Significava que a vida ia recomeçar e depois que se passa a noite inteira dormindo cria-se uma espécie de intimidade especial que fica muito mais difícil de abrir mão. Sempre fui solitário. Você vai me desculpar, creio que não regulo bem da cabeça, mas a verdade é que, se não fosse por uma que outra trepadinha legal, não me faria a mínima diferença se todas as pessoas do mundo morressem. É, eu sei que isso não é uma atitude simpática. Mas ficaria todo refestelado aqui dentro do meu caracol. Afinal de contas, foram essas pessoas que me tornaram infeliz. 


[Crônica de]: Charles Bukowski 

12 de nov de 2017

[Desabafo]: Sobre o câncer e seus males

Aos vinte anos, eu (Simone) tive um câncer no mediastino  linfoma de Hodgkin maligno. Foram inúmeras sessões de quimioterapia e radioterapia, e ler esse relato da atriz Márcia Cabrita, que infelizmente faleceu dessa terrível enfermidade no dia 10/11/2017 (aos 53 anos), é como se eu o tivesse escrito. Que tudo siga em paz e se não for pedir demais, livrai-me do mal, amém. P.S: Brilha no céu, Márcia Cabrita!

***

Eu fiquei gravemente doente. Ao contrário do que muitos fantasiam, não tirei de letra. Não sei o porquê, mas existe uma ideia estapafúrdia de que quem está com câncer tem que, pelo menos, parecer herói. Nãnãninã não! Quem recebe uma notícia dessas não consegue ter pensamentos belos. Bem… eu não conseguia. A cobrança de positividade acabou se tornando um problema. Olhava-me no espelho branca, magrela e de cabelos curtinhos (antes de caírem) e achava que estava pronta para fazer figuração em “A lista de Schindler”. Achava que não tinha chance de sobreviver à cirurgia, só pessoas que não tinham maus pensamentos sobreviviam. Muitas vezes deixei de comprar coisas para mim porque tinha que deixar tudo para minha filha. Bem, se na minha cabeça era esse o pensamento que reinava… Sem chance. 

O mundo moderno é incrível. Tudo é maravilhoso, não existe sofrimento! As separações são sempre amigáveis e sem lágrimas, as mães não têm mais o direito de embarangar e ficar em casa lambendo a cria. Um mês depois estão lindas, magras, com barriga sarada! Os atores não ficam desempregados, estão sempre felizes com um convite que ainda não pode ser revelado! Quimioterapia é moleza! Vem cá, só eu que não moro na Disney? 


[Texto da atriz]: Márcia Cabrita 

9 de nov de 2017

↓↓↓ Sobre a intensidade ↓↓↓

Ser intenso é ser mais do que inteiro. Mais que completo. É ser transbordante. Abundante. 

Eu acho lindo quem não admite ser raso. Quem se entrega, se doa, quem faz e acontece. Quem encara um desafio só pelo gostinho, quem sai da platéia e vai ser jogador. 

Quem se joga e quem joga, até descalço. Não importando que faltem 10 minutos pra acabar a partida. Gosto de gente que enfrenta, que luta, que argumenta, que esgota até dizer chega. 

Admiro quem não se cala, quem tem palavras de sobra, quem inventa moda e não sossega. Gosto da bravura, da luta, da lágrima. Me encanto com pessoas e verdades inteiras, sem vírgulas, sem traços, sem “se”. 

Adoro surra de like, surra de áudio, surra de beijo. 

Gosto de firmeza. Nas promessas, palavras e apertos de mão. 

Os abraços, gosto mesmo daqueles de verdade, os generosos, os de faltar o ar, os quebra-costela. Rir até doer a barriga. 

Dançar até doer o pé. 

Experimentar, ousar, explorar, movimentar, mergulhar. Adoro. Adoro quem faz questão, quem tenta até o último suspiro e quem suspira de tanto tentar. 

Adoro corações transbordantes e mesas fartas. 

Não é o simples exagerar, desperdiçar, esbanjar. Mas é além do completar, sustentar, abastecer. Algo que flutua entre esses dois universos, onde jamais se passa fome nem vontade. 

Tom pastel, monotonia, tofu e meias porções nunca me serviram bem. Intensidade aqui meu caro, é prato cheio.

[Texto de]: Estela Meyer

7 de nov de 2017

[Tradução]: Never Tear Us Apart

Sabe aquela música do trailer "Cinquenta Tons de Liberdade"?! Então... ♪♫♪♫


P.S: Vídeo editado por Simone Pesci

5 de nov de 2017

[COMUNICADO]: DEZESSEIS - A ESTRADA DA MORTE

Aos leitores que não conseguiram adquirir "DEZESSEIS - A ESTRADA DA MORTE" em formato físico, aviso que logo menos teremos o livro em formato digital, reestruturado, com uma nova revisão, além de uma diagramação linda. Bem-vindos à estrada da morte! 😎😎😎



[Lidos]: Outubro de 2017

Olá, lovers!
Como foram de leituras?! Eu, particularmente, fui muito bem. Me enveredei em 7 leituras, sendo uma delas um livro que AMO e resolvi reler. Sem mais firulas, segue as minhas leituras de Outubro. Bem-vindos! 💘💘💘


(clique na imagem para maior resolução)

[Clique no título para conferir a resenha]:

31 de out de 2017

[Falando em]: MEU ERRO — de Cinthia Freire

Eu baixei esse livro gratuitamente, em formato digital. A propósito, sempre tive curiosidade em conferir um texto da autora, devido as indicações de amigos e, claro, alguns quotes que vi e me apaixonei. 💘💘💘 Eis uma belíssima surpresa, um romance/drama de perder o fôlego. Confira agora a sinopse e o meu parecer sobre "MEU ERRO", o primeiro livro da SÉRIE SEGREDOS, obra da autora Cinthia Freire, uma publicação independente. 



Sinopse: Segredos são como fantasmas nos assombrando e nos fazendo crer que são reais. Todos tem os seus fantasmas. Carol tem os seus e há algum tempo eles parecem estar adormecidos. Gabriel desistiu de tentar frear os seus fantasmas há muito tempo e decidiu o caminho mais fácil, vivendo uma vida sem regras e limites. Eles estão na mesma estrada, mesmo que estejam em sentidos opostos. Enquanto ela tenta fugir da escuridão, ele só quer se perder ainda mais. Uma história emocionante sobre até onde somos capazes de ir para salvar aqueles que amamos e sobre acreditar que todos tem uma segunda chance. Mesmo que para o resto do mundo isso pareça um erro. 


"Porque até um erro pode se transformar em acerto" 

Uma linda história!

Caroline  mais conhecida como Carol — tem vinte e um anos e mora num complexo universitário, onde cursa o terceiro semestre de Letras. Ao seu lado está sua amiga, Verônica, também com a mesma idade, que cursa Arquitetura. Carol é bonita e introspectiva, enquanto Verônica é linda e atraente, além de viver desregradamente. E numa de suas aventuras se entrega para Gabriel, um rapaz de vinte e um anos, lindo, cafajeste, irresponsável e problemático, estudante do sexto semestre de Engenharia Civil. Na madrugada Verônica liga para Carol, a fim de saber se ela está bem. Carol acaba por escutar a entrega da amiga, ficando com a voz do desconhecido na mente. 


(clique na imagem para maior resolução)

Ergo os olhos e cometo nesse instante o segundo erro da minha vida. Conheço finalmente o dono dos meus pensamentos mais impuros, aquele que vem tirando o meu sono apenas com sua voz. (Livro: MEU ERRO, Cap. 5)
O que elas não contavam é que a transa seria o assunto da universidade, deixando o irmão de Verônica, o médico cardiologista  Vinícius  enfurecido, indo de encontro a Gabriel, acabando por entrar numa briga, indo parar no hospital. Carol enfrenta Gabriel, discutindo com ele e, por fim, dando-lhe um tapa na cara. A atração entre eles é imediata. Contudo, Carol acaba por conhecer Tomaz, um professor, guitarrista e vocalista de uma banda, com quem começa a se envolver.
Eu estou beijando o Tomaz, mas é Gabriel que eu desejo e isso me envergonha de uma maneira que quase não consigo suportar. (Livro: MEU ERRO, Cap. 17)
A atração entre Gabriel e Carol é maior que as tribulações que os permeiam. O casal segue o romance, indo contra todos que não os quer juntos. Carol tem sua ferida do passado, que sempre está presente; Gabriel também tem suas feridas, e pra piorar, é dependente químico.
 Me deixa cuidar de você... Por favor  imploro, minha voz sai um pouco chorosa e ele confirma com a cabeça como se estivesse admitindo o seu fracasso. Puxo seu rosto para perto e apoio minha bochecha na sua. Ele ergue a mão segurando minha cabeça e acariciando meus cabelos, sinto o seu corpo tremer e não sei ao certo se é uma reação física a tudo que ele fez a si mesmo ou se está tão nervoso quanto eu. (Livro: MEU ERRO, Cap. 20)
Agora cesso os comentários para não soltar mais spoilers.  

Trata-se de um New Adult, para alguns o mais do mesmo, com o playboy problemático e a garota de coração partido. SIM, é o famoso clichê romântico, coisa que AMO MUITO e que não dispenso em hipótese alguma. 💘💘💘

MEU ERRO é um enredo para quem é provido de coração. Eu fiquei APAIXONADA pela história, além da escrita envolvente da autora. Os personagens (até mesmo os secundários), grudam na pele, fazendo com que sofremos com eles. A cada virar de página ansiava por mais, querendo ajudar Gabriel e, principalmente, Caroline, pois me sinto como ela, inclusive faço tratamento devido a isso. Talvez por esse motivo me senti na pele dela, chego a dizer que só de ler os trechos em que ela expressa suas reações, me fez ficar em alerta: era como se eu fosse ela. O enredo tem muitas reviravoltas e o final é lindo, apresentando ao leitor a ferida real da protagonista, algo que fica em off durante toda a trama. Se eu gostei?! NÃO, EU NÃO GOSTEI! EU MEGA, ULTRA, MAX AMEI!!! E já adianto: "Eu leio até mesmo a lista de compras da autora". o/

O enredo é narrado em primeira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; a diagramação está singela e perfeita para o formato digital; e a capa é MARAVILHOSA, estampando o lindo e problemático Gabriel. Por fim, para quem curte drama/romance é uma excelente pedida. Logo menos lerei o segundo livro da série, ou seja, MINHA RENDIÇÃO, que traz a história de ninguém menos que Vinícius, o médico cardiologista.



Livro: MEU ERRO (Livro 1), SÉRIE SEGREDOS
Autora: Cinthia Freire
Gênero: Drama/Romance
Publicação  Independente
Ano: 2016
Páginas: 487

30 de out de 2017

↓↓↓ FALANDO EM SEXO ↓↓↓

Quem vive só de pau é o cupim. Sexo é muito bom, mas estão enganados se acham que mulher vive exclusivamente disso. Mulheres valorizam a cordialidade de um abraço, a gentileza de um cuidado. Mulheres gostam de ser levadas em lugares diferentes, que inspirem, e sejam inesquecíveis. Mulheres gostam de ser lembradas numa terça qualquer com uma mega surpresa, ou numa quinta pela manhã com um botão de rosa roubado. Mulheres gostam de serem surpreendidas com declarações singelas como "eu lembrei de você", "estou com saudades", "quero te ver". Uma relação é feita de cumplicidade, companheirismo, amor e dedicação, o resto é consequência. Se a única coisa que você tem a oferecer pra uma mulher é o sexo, aproveite o momento, pois ela vai te "aproveitar" até perceber que o que você tem pra oferecer, qualquer homem dispõe. Você só precisa torcer pra ela não perceber que merece mais que isso. O dia que isso acontecer, perdeu! 😉

[Via facebook]: Frases Pedro Bial

27 de out de 2017

[Falando em]: COBAIN, 25 Contos inspirados em 25 anos do álbum Nevermind + Bonus Tracks

Eu visualizei esse e-book gratuitamente e, como fã incondicional da banda NIRVANA e de Kurt Cobain, baixei o livro imediatamente. 💘💘💘 No entanto, a curiosidade matou o gato: nem sempre a propaganda corresponde ao produto. E falando por mim, afirmo que essa leitura pouco me agradou. Confira agora a sinopse, book trailer e o meu parecer sobre "Cobain, 25 contos inspirados em 25 anos do álbum Nevermind + Bonus Tracks", antologia organizada por Sérgio Tavares, uma publicação independente. 



Sinopse: Para comemorar os 25 anos do Nevermind, comemorados em setembro de 2016, a antologia presta uma homenagem ao álbum através de contos inspirados em canções do Nirvana. Para tanto, foram convidados 25 autores contemporâneos fãs da banda. 






"Porque ele era o pior no que fazia de melhor" 


A curiosidade matou o gato!

Como fã colossal da banda, afirmo que enxerguei o lado bom e ruim dessa antologia. Mas antes de falar sobre isso, deixarei abaixo três quotes da obra. 


(clique na imagem para maior resolução)

Ele parou o carro à sombra da pequena árvore de jambolão, distância suficiente para deleitar-se com a grossa camada de brilho de morango nos lábios de Poli, uma película que se esticava com a elasticidade de uma cobertura de sorvete à cada vez que a menina comentava alguma coisa com a amiga. (Polly  Cachorro correndo sem cabeça, de Alessandro Garcia)
Tem gente que nasce pra fazer o som e gente que nasce pra ouvir. Eu me contento em ouvir. Embora já tenha feito. Faz tempo, na época em que eu tinha uma camiseta igual a do Kurt Cobain numa revista com a letra traduzida de Territorial Pissings. (Territorial Pissings  Picadeiro de urina, de Paulino Júnior)
Penso em todos os suicidas do século XX. Woolf, Plath, Hemingway... Em Kurt Cobain andando feito um fantasma em Seattle, as doses de heroína, o sangue escorrendo pelo ouvido na banheira, a carta para o amigo de infância imaginário. Será que você também teve um amigo imaginário? (Pennyroyal tea  Chá de poejo, de Flávia Iriarte)
Trata-se de uma homenagem ao álbum NEVERMIND, que em 2016 completou vinte e cinco anos. Os contos, de alguma forma, levam as letras das canções, além da vida conturbada de Kurt Cobain. Há também um bonus tracks, com canções de outros álbuns da banda, saudando a genialidade permeada em três acordes de guitarra e um brado que tornara-se a voz de uma geração. 

COBAIN, 25 contos inspirados em 25 anos do álbum Nevermind + Bonus Tracks é um tiro no escuro, principalmente para quem não é tão conhecedor da banda  e, claro, de Kurt Cobain. Deixa eu explicar... Os contos, com um "quê" melancólico e poético, são excelentemente construídos. Alguns achei um tanto longos e insossos, mas outros eu realmente gostei, pois levam consigo um linguajar empático. Esse, a meu ver, foi o ponto positivo. Contudo, eu esperava escritos enraizados nas letras das canções, ou seja, uma história com a letra em evidência. Os quotes acima foram alguns dos trechos que superaram a minha expectativa, mostrando um pouco da letra e, principalmente, da vida de Kurt Cobain. Não sei se a ideia do idealizador era essa ou se eu que o idealizei de outra forma. A questão é que, para mim, NÃO FUNCIONOU!!! Mas como opinião é que nem bun**, ou seja, cada um tem a sua... Fica a dica de leitura. 

Os contos são narrados em primeira e terceira pessoa, algumas narrativas e diálogos mais rebuscados; a diagramação (em formato digital), está boa; e a capa, apesar de singela, achei bem bonita. 



Livro: 
COBAIN, 25 contos inspirados em 25 anos 
do álbum Nevermind + Bonus Tracks
Gênero: Antologia
Publicação Independente
Ano: 2016
Pág: 306

26 de out de 2017

[Quotes]: CONTANDO A CANÇÃO

Olá, lovers! 
Ontem, dia 25/10, finalizou a promoção para baixar gratuitamente o meu mais novo trabalho  CONTANDO A CANÇÃO  um livro com dez pequenos contos inspirados em canções.  Estou muito feliz e grata pelo feedback positivo,  pois a obra ganhou vida num momento um tanto conturbado: entrei de coração nas letras das canções, a fim de trazer o melhor. 💘💘💘 O livro está à venda em formato digital, pelo preço mínimo de $1,99. Peço para quem adquiriu (ou vai adquirir), avaliá-lo na Amazon e também no Skoob, pois é desta forma que ele conseguirá mais visibilidade. Agradeço aos que baixaram o e-book, espero que tenham uma ótima leitura. Agora convido a todos para conferir um quote de cada conto. Bem-vindos ao universo da vívida partitura!!! ♪♫♪♫


(clique nas imagens para maior resolução)










✔ Para adquirir a obra via Amazon, clique AQUI.
✔ CONTANDO A CANÇÃO no Skoob, clique AQUI.

25 de out de 2017

"Falando em saudade..."

Esta saudade tem juros abusivos 
Que cada dia só aumenta sem parar 
Esta saudade é mais que um sonho ruim 
É um vazio que só faz acumular 

É um sentimento que paira no momento 
E a cada instante tá aqui pra me lembrar 
Do teu perfume que me dava ciúmes 
De no teu corpo poder impregnar 

Os dias passam de um jeito que disfarçam 
A noite vem trazer o amanhecer 
Espero as tardes e fico até tarde 
Sentado à porta na esperança de te ver 


[Poema de]: Rutênio Félix

24 de out de 2017

↓↓↓ 6 dicas para ler mais ↓↓↓

Se você não lê tanto quanto gostaria e acha que pode aproveitar melhor o tempo que sobra na companhia dos livros, saiba que você não está sozinho! Esses sentimentos, que fazem parte da vida de quase todo leitor, podem ser minimizados adotando-se rotinas simples. É importante lembrar que as dicas não têm como objetivo tornar a leitura uma obrigação, mas sim atentar para o fato de que pequenas ações já ajudam na manutenção de um ritmo constante. Afinal, a qualidade do que você lê vale mais que a quantidade. 

1. Leia diferentes tipos de livro simultaneamente 
Revezar-se entre um romance, um livro de não ficção e outro de poemas, por exemplo, ajuda muito sua lista de leituras a andar mais rápido. Tendo mais de uma opção, você evita postergar a hora de ler por não estar com vontade de um livro específico em determinado momento. 

2. Flexibilize sua lista de leituras 
Seguir à risca uma ordem predeterminada nem sempre é a melhor opção. Pense bem: não vale a pena passar na frente um livro novo que você está louco para começar? Adiar mais um pouco a leitura daquela obra que já está na sua estante há meses (ou tomar a decisão de passar o livro adiante) não faz mal nenhum. 

3. Tenha sempre um livro com você 
O tempo gasto diariamente no transporte público ou em filas não precisa ser tempo perdido! Ter sempre um bom livro à mão torna fácil preencher essas lacunas. Se você não gosta de interromper um capítulo na metade, prefira livros de contos, de poemas ou com capítulos curtos. 

4. Descubra qual o seu período favorito para ler 
Já tentou reparar em qual parte do dia a leitura lhe parece mais agradável? Prefere ler com luz natural ou antes de dormir? Perceber essas sutilezas é essencial na hora de organizar o dia, pois permite separar seus horários favoritos para os livros e o restante do tempo para as demais atividades.  

5. Repense o tempo gasto com o celular e com outros dispositivos 
Quantas vezes você está com tempo livre e, sem perceber, pega o celular ou fica trocando de canal na televisão, sem estar realmente interessado no conteúdo que está consumindo? Repensar essas atitudes automáticas é o primeiro passo para fazer da leitura um hábito no lugar delas. 

6. Participe de um clube de livros 
A leitura, por si só, é uma atividade individual e solitária. Os momentos posteriores a ela, entretanto, não precisam e nem devem ser assim! Debater o que você está lendo com pessoas próximas ou grupos de leitores pode ser um grande incentivo para ler, ao menos, o livro que está em pauta no momento. 

[Artigo via]: Clube Tag Livros

[Falando em]: ENTRE A LUZ E A ESCURIDÃO — de Lucas Bustamante

Eu baixei esse e-book gratuitamente. A propósito, assim que me deparei com a capa, título e sinopse, me interessei. o/ SIM, eu sou daquelas que leva em conta uma bela capa. E essa, apesar de simples, estampa um um elevador e um título pra lá de enigmático. Agora convido a todos para conferir a sinopse e o meu parecer sobre “ENTRE A LUZ E A ESCURIDÃO”, um enredo de Lucas Bustamante, uma publicação independente.



Sinopse: No dia em que Victor planejava pedir sua namorada em casamento, um estranho evento faz com que ele se encontre em uma realidade paralela, onde lembranças de seu passado ressurgem como vívidos pesadelos que o assombram. Agora, sem saber o que é real ou não, ele luta para conseguir voltar à vida e reencontrar seu grande amor. Entre a Luz e a Escuridão é um conto experimental que varia entre o terror e o drama, focado no sofrimento de um homem perdido em um universo de lembranças e sentimentos capazes de levá-lo à loucura. 


"Porque há de se encontrar luz na escuridão..." 

Um enredo instigante! 

A trama se inicia com Victor a caminho do trabalho, desvincilhando-se de prédios velhos, pedintes, calçadas imundas, esgotos estourados, e até mesmo ladrões. Ainda nessa caminhada, ele tem um desentendimento, via telefone, com sua namorada. Laura e Victor estão comemorando dois anos de namoro, e ele pretende pedi-la em casamento nesse dia. No entanto...
O que Victor sequer imaginava era que a surpresa do dia não era o pedido de casamento, mas sim a sua morte. (Conto: ENTRE A LUZ E A ESCURIDÃO  Cap.1)
Antes de entrar no prédio onde trabalha, Victor ajuda uma senhora pedinte, entregando-lhe uma nota de dois reais. E ao ultrapassar a porta do prédio, assim que entra no elevador, acaba passando mal. 
 Ninguém está esperando nada de você sr. Victor. Esse é apenas um caminho a se seguir quando nos encontramos entre a luz e a escuridão, mas, no final das contas, o senhor é o único responsável pelo próprio destino. (Conto: ENTRE A LUZ E A ESCURIDÃO  Cap.5)
Victor  fica a mercê do passado, reencontrando entes queridos já falecidos, voltando a ser criança, reavendo o melhor amigo de infância, ou seja, vivendo momentos perturbadores. No entanto, mesmo nesse louco limiar, lembra-se daquela que tanto ama, a mulher que estava prestes a pedir em casamento. Victor, por fim, transita entre a morte e a vida.
Sozinho novamente naquele saguão, Victor ficou alternando o olhar entre a forte iluminação do elevador e o longo caminho obscuro que se espalhava para além do prédio onde estava. Longos questionamentos acerca de sua existência tomaram conta de sua mente enquanto se esforçava para tomar uma decisão. (Conto: ENTRE A LUZ E A ESCURIDÃO  Cap.5)
Agora cesso os comentários para não soltar mais spoilers

Trata-se de um conto com cinco capítulos e um epílogo. Mas posso dizer... Eu me senti como se estivesse lendo um livro, pois o autor conseguiu de forma magistral conduzir a trama, transparecendo ser uma obra com diversas páginas.

ENTRE A LUZ E A ESCURIDÃO é nada menos que o limiar entre a vida e a morte. Um conteúdo aterrorizante de reflexão, onde o texto me conduziu de forma sóbria, deixando-me tão perturbada quanto o personagem principal. A trama me prendeu do início ao fim, e mesmo ligando as pontas dos acontecimentos, AMEI o desfecho final e o epílogo, que, aliás, me deixou com um gostinho de quero bem mais. Espero me enveredar em outros textos do autor. o/

O conto é narrado em terceira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão, há alguns erros gramaticais, nada que atrapalhasse a leitura; a diagramação é simples, no padrão do formato digital; e a capa, tão como o título, corresponde ao conto. Por fim, para você que curte uma leitura instigante e rápida, eis essa excelente pedida. 💘💘💘


 [Conto]: ENTRE A LUZ E A ESCURIDÃO
Autor: Lucas Bustamante
Gênero: Drama/Terror
Publicação Independente  Via Amazon
Ano: 2017
Páginas: 43