1 de ago de 2017

[Falando em]: Por Um Amor Como Dos Livros — de Paula Toyneti Benalia

Essa foi a minha última leitura de Julho, e não postei o meu parecer antes, pois estava na correria. Eu baixei o livro — gratuitamente  em formato digital. Confesso que essa capa divina despertou meu interesse. Depois fui dar uma conferida no título, e, claro, na sinopse, e me interessei ainda mais. Até então eu desconhecia a autora/obra. Confira a sinopse e o meu parecer de "Por Um Amor Como Dos Livros", obra da autora Paula Toyneti Benalia, uma publicação independente. 


Sinopse: Nicolle é uma daquelas garotas que sempre tem um sorriso no rosto, mesmo sofrendo as crueldades da vida. Filha de um alcoólatra e de uma mãe negligente, ela pouco conheceu do amor. Em um fatídico dia, recebe a notícia de que está com uma grave doença e com os dias contados. Ela resolve então se jogar em uma busca por seu sonho: ter um amor como dos seus livros de romances preferidos. Ela só não esperava se apaixonar pelo homem mais cheio de defeitos que já tinha conhecido. Kauã é um delegado frio. Marcado por perdas do passado, jurou nunca mais amar alguém. Ele só não imaginava que seu coração tinha outros planos. Um romance profundo e envolvente que vai te levar das risos as lágrimas. "Ela queria tanto as coisas dessem certo. Sonhava com um mundo onde todas as coisas se encaixassem. então começou a colocar amor em tudo e por fim.....encontrou sentido até na dor." 


"Porque há de se viver um amor como dos livros..."






Um clichê leve de se ler! 

Aos dezesseis anos, Nicolle descobre estar com leucemia. Agora, com vinte e um, é informada que está com os dias contados. Filha de um pai alcoólatra e violento, além de uma mãe inadimplente, ela segue os dias sobrevivendo com um sorriso na face. 


(clique na imagem para maior resolução)

Continuei minha caminhada rumo para casa, com uma sentença de morte nas mãos, uma caveira desenhada na sacola e o pé sangrando. (Livro: Por Um Amor Como Dos Livros, Cap.1)
Retornando de uma consulta médica é confundida com uma assaltante, acabando sendo presa por engano. O que ela não contava é que o troglodita (e lindo) delegado Kauã Marques despertasse sua atenção. Depois de toda confusão, ele mostra-se interessado em cuidar dela, levando e buscando-a no trabalho, iniciando um envolvimento.
Era algo tão simples. Um toque no meu rosto. Porém, tinha um efeito tão avassalador que parecia que ele tocava meu coração. (Livro: Por Um Amor Como Dos Livros, Cap.5)
E mesmo com inúmeras tribulações, ela continua seguindo os dias de um jeito peculiar, com seu humor sarcástico e envolvendo-se com o delegado. Nicolle sonha  como nos livros que lê — viver um grande amor, e faz uma lista de como deve ser esse amor. No entanto, o improvável torna-se provável, e tanto ela quanto Kauã passam da ficção para um amor real. 
 Não sei o que fizeram com você. Nem quero imaginar para não enlouquecer. Não sei que formas de amor você conhece ou desconhece  seus olhos atravessaram a minha alma , não quero só sexo. Eu nem sei o que eu quero, mas sei que você é importante pra mim. Sei que quero cuidar de você e tem sido insuportável te ver machucada. (Livro: Por Um Amor Como Dos Livros, Cap.12)
Agora cesso os comentários para não soltar spoilers.

Quando me deparei com essa linda capa, feita por uma das capistas que mais gosto  Marina Avila  enlouqueci. Eu iniciei a leitura com o pé atrás, pois desconhecia a autora, e ainda nos primeiros capítulos, fiquei perdidamente apaixonada pelo conteúdo. Eu sempre curti enredos clichês, se ele tiver um toque de Chick-Lit, melhor ainda. No entanto, na metade da história, muitas coisas começaram a me desanimar: o fato de ter dois adultos tão imaturos é um das coisas, afinal, as ações dos personagens se encaixaria melhor com protagonistas adolescentes.

A autora perdeu o fio da meada: em certos trechos mostrava um conteúdo intenso e verossímil; no parágrafo seguinte apresentava furos e faltou profundidade. Apesar dos contras houve os prós: e isso se encaixa na leve e deliciosa escrita da autora, e na personalidade de Nicolle, que mesmo passando por muitas tribulações, sempre leva consigo um sorriso estampado no rosto. Essa é a minha opinião, o que não interfere em totalidade, pois o que não foi bom pra mim, pode ser maravilhoso para você. E SIM, pretendo ler outros livros da autora. o/

O enredo é narrado em primeira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; a diagramação está perfeita, levando consigo (a cada início de capítulo), flores; e a capa nem preciso dizer, né? Simplesmente linda de viver.



Livro: Por Um Amor Como Dos Livros
Autora: Paula Toyneti Benalia
Gênero: Romance/Chick-Lit
Publicação Independente
Ano:2017
Páginas: 298

Nenhum comentário

Postar um comentário